O Projecto
A VIA NOVA - História
Construção e manutenção da VIA NOVA
O Cursus Publicus
Viajar na Geira
Paisagem
A Circulação na Via
Mansiones
Mutationes
Milhas
Miliários
Milha XII
Milha XIII
Milha XIV
Milha XV
Milha XVI
Milha XVII
Milha XVIII
Milha XIX
Milha XX
Milha XXI
Milha XXII
Milha XXIII
Milha XXIV
Milha XXV
Milha XXVI
Milha XXVII
Milha XXVIII
Milha XXIX
Milha XXX
Milha XXXI
Milha XXXII
Milha XXXIII
Milha XXXIV
Milha XXXV
Milha XXXVI
Milha XXXVII
Milha XXXVIII
Milha XXIV

A milha XXIV fica situada no lugar de Cabaninhas, na freguesia de Carvalheira, a uma altitude de 420 metros.

De acordo com Amaro Carvalho da Silva relacionam-se com esta milha cinco miliários. Destes desconhece-se o paradeiro de quatro, que foram referidos pelo Padre Mattos Ferreira. Desta série um deles seria do imperador Licí­nio (308-324). Quanto aos outros três restantes nada se sabe.

Numa das várias operações de limpeza e estudo da Geira, efectuadas pela Câmara Municipal de Terras do Bouro, foi descoberto um novo marco, registado por Amaro Carvalho da Silva. Pode ser atribuí­do aos imperadores Maximino e Máximo (235-238), datável do ano 238.

Aquele autor contou entre a milha XXIV e XXV 1450 metros. Entre as duas milhas há uma subida acentuada de cerca de 90 metros, da cota 420 para a 510.

Neste trajecto, depois de ultrapassar o velho caminho que desce de Padrós para Cabaninhas, saindo da mata de eucaliptos, a Geira rodeia quintais e moradias recentes. Depois, termina o traçado original quando a via encontra de novo a EN 307, que a leva até ao lugar de Sá, onde se localiza o miliário-cruzeiro.

Mapa da milha XXIV; base cartográfica do Instituto Geográfico Militar adaptada pelo Parque Nacional da Peneda-Gerês.
1/4