O Projecto
A VIA NOVA - História
Construção e manutenção da VIA NOVA
O Cursus Publicus
Viajar na Geira
Paisagem
A Circulação na Via
Mansiones
Mutationes
Milhas
Miliários
Milha XII
Milha XIII
Milha XIV
Milha XV
Milha XVI
Milha XVII
Milha XVIII
Milha XIX
Milha XX
Milha XXI
Milha XXII
Milha XXIII
Milha XXIV
Milha XXV
Milha XXVI
Milha XXVII
Milha XXVIII
Milha XXIX
Milha XXX
Milha XXXI
Milha XXXII
Milha XXXIII
Milha XXXIV
Milha XXXV
Milha XXXVI
Milha XXXVII
Milha XXXVIII
Milha XXII

Em Ervosa, lugar de Santa Comba, na freguesia de Chamoim, a uma altitude de 470 metros, na milha XXII registam-se dois marcos, um com inscrição e, outro, quase anepí­grafe. Segundo vários autores um seria do imperador Adriano (117-138), datável do ano 135. Quanto ao segundo a inscrição está muito apagada, sendo a sua leitura bastante difí­cil.

O trajecto entre esta milha a seguinte é marcado por várias oscilações de cotas e, consequentemente, por um maior numero de calçadas. De um modo geral associados a estas calçadas ocorrem cursos de água. Como é de esperar nos tramos lajeados são habituais as marcas de rodados de carro. Junto aos cursos de água, devido à falta de manutenção a via encontra-se mais degradada.

Entre os marcos desta milha e os da seguinte contam-se 1660 metros.

Mapa da milha XXII; base cartográfica do Instituto Geográfico Militar adaptada pelo Parque Nacional da Peneda-Gerês.
1/4