O Projecto
A VIA NOVA - História
Construção e manutenção da VIA NOVA
O Cursus Publicus
Viajar na Geira
Paisagem
A Circulação na Via
Mansiones
Mutationes
Milhas
Miliários
Milha XII
Milha XIII
Milha XIV
Milha XV
Milha XVI
Milha XVII
Milha XVIII
Milha XIX
Milha XX
Milha XXI
Milha XXII
Milha XXIII
Milha XXIV
Milha XXV
Milha XXVI
Milha XXVII
Milha XXVIII
Milha XXIX
Milha XXX
Milha XXXI
Milha XXXII
Milha XXXIII
Milha XXXIV
Milha XXXV
Milha XXXVI
Milha XXXVII
Milha XXXVIII
Milha XVIII

Na milha XVIII, em Minério, lugar de Saim ou Nazaré, na freguesia de Chorense, a uma altitude de 560 metros, existe apenas um miliário, epigrafado, da série de Tito e Domiciano (79-81), datável do ano 80, citado por Martins Capella. Henrique Regalo anota que este marco terá estado enterrado desde o século XIX, sendo exumado, em 1982, por "funcionários da Câmara".

Junto ao começo do trajecto entre esta milha e a seguinte, do lado direito fica o povoado romano designado Chã de Vilar, ou Saim Velho. A área de dispersão de vestí­gios é muito ampla e o habitat dispõe-se em socalcos bem visí­veis. Este povoado poderá corresponder à mansio Salatiana referida no Itinerário de Antonino.

A via foi cortada aos 285 metros, por uma estrada de terra batida. Quase duzentos metros (165 metros) adiante recupera-se o traçado. A partir dos 800 metros verifica-se uma descida acentuada que só estabiliza aos 840 metros. Aos 1030 metros conserva-se, em boas condições, uma calçada, junto a um curso de água (Ribeira da Fecha). Neste ponto Henrique Regalo observou indí­cios de uma quebrada, que terá ocorrido no contexto do pluvioso Inverno de 2000/2001. Trata-se de um apontamento interessante para a análise dos problemas relacionados com a manutenção da via.

Existem outros dois troços de calçada aos 1415 e aos 1442 metros. Foram documentados indí­cios de rodados de rodados de carro em 3 pontos (1030, 1430 e 1442 metros).

Entre os dois conjuntos de marcos que assinalam as milhas XVIII e XIX a distância é de 1540 metros. Neste local há indí­cios de uma pedreira.

Mapa da milha XVIII; base cartográfica do Instituto Geográfico Militar adaptada pelo Parque Nacional da Peneda-Gerês.
1/3