O Projecto
A VIA NOVA - História
Construção e manutenção da VIA NOVA
O Cursus Publicus
Viajar na Geira
Paisagem
Percurso de Média Duração
Percurso a cavalo
Percurso de Longa Duração
Percurso a cavalo

[1]Milha 0 - XXIV

Aproveitando as acessibilidades viárias já existentes no terreno e os recursos que se encontram associados aos municí­pios por onde passa a Geira, é possí­vel percorrer estas milhas a cavalo, ao mesmo tempo que se admira toda a beleza natural da Geira.

Pode, por exemplo, realizar-se um itinerário com iní­cio em Braga, passando ao longo do CM 535-5 em Amares, do CM 535 e da EN 307 em Terras do Bouro, com vista aos locais mais emblemáticos da Geira: passagem pelo lugar do rio em Adaúfe; Ponte do Porto; cruzeiro de Pilar, em Amares; Santa Cruz da Jeira, milha XIII; milha XIV, no lugar do Padreiro ou Fojo, da freguesia de Souto; milha XVII após a Capela de São Sebastião; milha XXI depois da Casa da Jeira até Quebrada, milha XXIV.

Milha XXIV - Milha XXXIX

Outro trajecto possí­vel, a partir da a milha XXIV, passa pela milha XXVII, na divisória entre Covide e São João de Campo em direcção à Portela do Homem, na milha XXXIV. Existe, ainda, a possibilidade de prolongar a sua cavalgada por terras da Galiza através da actual estrada OUR-312, visitando alguns locais como a área recreativa de Icona e a mansio de Aquis Originis, em Banhos de Rio Caldo, na milha XXXIX.

Zona adjacente à milha XVIII, próxima da mansio Salaciana, onde existem excelentes prados para os cavalos.
1/1